domingo , 20 agosto 2017
Home / Destaque / Um ponto em um sonho e a dor da despedida no ultimo dia do Gabinete Jamil Ocké

Um ponto em um sonho e a dor da despedida no ultimo dia do Gabinete Jamil Ocké

Por: Caliana Mesquita

Hoje, dia 10 de agosto de 2017, o gabinete que fez história dentro do parlamento ilheense, se despede com lagrimas nos olhos.

Aberto diariamente, das 8 as 18h, de segunda a sexta feira, atendendo os anseios, os clamores, as propostas ou simplesmente orientando civicamente todo cidadão que procurou, dentro da Casa das Leis, durante 1 ano e cinco meses, um norte para entender o verdadeiro significado de  gestão publica, o gabinete do vereador Jamil Ocké  hoje fecha as portas junto com  2330 eleitores  e 180 mil cidadãos ilheenses que terão uma lacuna na sua referencia cívica cravada na sua historia.

O Gabinete Jamil Ocké foi exemplo de ética, impessoalidade, moralidade, eficiência e legalidade, fez jus a todas as funções que honram o mandato de um parlamentar. Dentro de um espaço pequeno, se fez gigante em suas proposições. Jamil elaborou projetos grandiosos que valorizaram a nossa cidade, a nossa cultura, a nossa história.

O Projeto  Litoral da Capitania esta de luto, pois não há mais quem o elabore com tamanha destreza e diplomacia. Foram reuniões, conversas, ideias construídas de forma plural, a fim de fazer do cidadão ilheense coautor deste que representaria um marco para a história da nossa cidade.

O Projeto Eca na Escola, fundamental para o crescimento educacional e cívico dos nossos jovens, será engavetado pois não há mais quem tenha ao seu lado a autora da lei federal que conheça a base desta criação.

Projeto Bairro Pulmão de Ilhéus, uma ideia ecologicamente correta, que antes de ser construída ouviu a população, entendeu as vontades e necessidades ambientais de cada morador.

Tantos outros projetos que hoje são arquivados na memoria de todos os ilheenses,  que mesmo tendo rinchas politicas, chegaram a sentar em nossas cadeiras e conversar sobre Ilhéus.

E quem disse que  todos os momentos foram flores? Nos últimos quatro meses este gabinete presenciou  momentos de tensão, revolta, injustiça, mas encontrou no povo a força para continuar aberto, diariamente. A vocês cidadãos ilheenses, que mesmo diante aos momentos mais tensos e difíceis de nossa trajetória, estiveram juntos, acreditando, fazendo sempre ser lembrado que Deus existe, que Deus esta sempre perto de nós e que Deus é maior do que qualquer PODER. Agradeço.

A história foi interrompida, mas não esquecida. Fecho o gabinete mas deixo com você cidadão ilheense a minha essência e a vontade de fazer de Ilhéus uma cidade melhor.

Caliana Mesquita Chefe de Gabinete do vereador Jamil Ocké

Veja Também

Exemplo: Policiais ajudam candidato ao concurso da PMBA, em noite fria de Vitória da Conquista

Na madrugada deste domingo (06), uma guarnição  da 78ºCIPM de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, composta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *